Excelente notícia para o NIS 5 do Bolsa Família acaba de sair!

Atenção, beneficiários do Bolsa Família com NIS final 5! Uma ótima notícia acaba de ser divulgada: o pagamento da parcela de junho será liberado nesta sexta-feira, dia 21.

O pagamento da parcela do Bolsa Família é uma excelente oportunidade para as famílias utilizarem o benefício para suas necessidades mais urgentes, como alimentação, saúde e educação.Para receber o benefício, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, casa lotérica ou utilizar o cartão do Bolsa Família em estabelecimentos credenciados.

A seguir, destacamos o calendário completo do benefício em junho: 

  • Dia 17 de junho: Final do NIS 1 (liberado de forma antecipada no dia 15/06);
  • Dia 18 de junho: Final do NIS 2;
  • Dia 19 de junho: Final do NIS 3;
  • Dia 20 de junho: Final do NIS 4;
  • Dia 21 de junho: Final do NIS 5;
  • Dia 24 de junho: Final do NIS 6 (liberado de forma antecipada no dia 22/06);
  • Dia 25 de junho: Final do NIS 7;
  • Dia 26 de junho: Final do NIS 8;
  • Dia 27 de junho: Final do NIS 9;
  • Dia 28 de junho: Final do NIS 0.

Lula confirma pagamento extra do Bolsa Família 

Os beneficiários do Bolsa Família receberam uma ótima notícia do governo Lula (PT) neste mês de junho. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), um total de R$ 900 poderá ser sacado durante esta rodada. A seguir, contamos quem tem direito aos valores. 

Para ter direito ao Bolsa Família em 2024, os beneficiários do programa precisam apresentar renda per capita mensal familiar de até R$ 218. Caso a renda aumente, a família está protegida e não deve perder suas parcelas do benefício, isso se a renda não ultrapassar o valor de meio salário mínimo. 

Em relação ao valor de R$ 900, temos os seguintes detalhes: uma parcela de R$ 150 é liberada para as crianças de até seis anos pelo Benefício Primeira Infância. Já no Benefício Variável Familiar, uma parcela de R$ 50 é disponibilizada para gestantes, mulheres em fase de amamentação e crianças entre sete e dezoito anos incompletos.

Aumento nas comidas juninas podem impactar o Bolsa Família 

Os preparativos para as festas juninas deste ano podem pesar mais no bolso dos brasileiros. Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE), os preços dos ingredientes e insumos para os pratos típicos da época subiram, em média, 5,74% nos últimos 12 meses.

A batata-inglesa lidera a lista de aumentos, com alta de 60,66%, seguida pelo arroz (23,42%), maçã (21,72%) e batata doce (11,59%). Outros itens importantes, como açúcar refinado, couve mineira e açúcar cristal, também registraram aumentos acima da média.

Apesar do cenário geral de alta, alguns produtos tiveram queda nos preços, como a farinha de trigo (-15,47%), leite condensado (-13,98%), leite tipo longa vida (-7,22%) e milho de pipoca (-6,63%).

A pesquisa considerou 27 itens alimentícios da cesta do Índice de Preços ao Consumidor (IPC/FGV). A alta nos preços pode impactar o orçamento das famílias e dos organizadores de festas juninas, que precisarão adaptar seus cardápios e custos para manter a tradição.